Síndrome da Banda Iliotibial (Tendinite do Maratonista)

A síndrome da banda iliotibial é uma das causas mais comuns de dor na região lateral do joelho em atletas e praticantes de atividades físicas. Esse diagnóstico vêm aumentando a cada dia, com o crescimento do número de praticantes de corridas de rua e ciclistas, sendo por isso também conhecida como “tendinite do maratonista”. Estima-se que 1.5 % a 12 % dos corredores já sentiram ou serão acometidos por essa dor. Dentre os ciclistas esse número aumenta de 15% a 24 %.

Causas:

A origem para essas dores ainda é controversa. Algumas teorias falam que ocorre uma fricção entre a banda ílio tibial ( estrutura ligamentar presente na região lateral da coxa ) e a região lateral do fêmur, próximo a articulação do joelho durante os movimento de flexo-extensão repetidos do joelho, outros fatores como fraqueza da musculatura do quadril, desvios angulares dos joelhos ou uma alteração da biomecânica da marcha durante a corrida também são apontados como causas para as dores.

Os movimentos repetitivos de um treinamento para longas distâncias, o uso de calçados gastos, treinos em terrenos com longas descidas são alguns dos muitos fatores que poderão causar essa inflamação.

Prevenção:

Algumas medidas podem ser tomadas para se evitar que tal inflamação possa acontecer ou até mesmo evitar seu aparecimento, tais como:

  • Em caso de desconforto na região lateral do joelho, diminuir o volume do seu treino (distância) ou até mesmo parar com a atividade por alguns dias.
  • Evitar o uso de calçados muito gastos e realizar o rodízio dos tênis (lembrando que os tênis deverão ser da mesma marca e mesmo modelo).
  • Evite correr nas laterais das pistas ( ciclovias ou ruas ), essas regiões apresentam um desnivelamento para o escoamento da água e com isso a marcha da corrida será alterada.
  • Realizar um bike fit adequado, no caso dos ciclistas.

Tratamento:

O tratamento é baseado na diminuição da carga de exercícios, medicações e exercícios de alongamento. O tratamento cirúrgico desses casos são a exceção.

Utilizamos Cookies em nosso site para você ter uma melhor experiência ao voltar a nos visitar. Clicando em “Aceito”, você concorda em salvar os Cookies no seu navegador.